Tag

Pneus

ENTENDA A IMPORTÂNCIA DO RODÍZIO DE PNEUS

By | Dicas

Você costuma realizar o rodízio dos pneus do carro? Saiba que a maioria das montadoras recomenda fazer este procedimento. A primeira razão para isso é garantir que haja um desgaste por igual dos pneus, incluindo o estepe, o que contribui para a segurança do motorista e passageiros.

Segundo a Goodyear Brasil, este procedimento deve ser feito a cada 5 mil quilômetros. Já algumas marcas como Hyundai, Kia, Toyota afirmam que o rodízio pode ser feito a cada 10.000 quilômetros, no máximo.

Por que as montadoras orientam o revezamento dos pneus? Entenda!

O principal motivo é a segurança. O ideal é incluir os cinco pneus no rodízio, para que ocorra o desgaste uniforme de todos. Este revezamento fará com que o conjunto tenha uma vida útil maior, equilibrando o desempenho do automóvel em termos de dirigibilidade e frenagem.

Comprar dois pneus novos para substituir os que gastaram mais pode ser perigoso. Isso porque pode ocorrer um desequilíbrio entre as rodas. Já no rodízio, todos os pneus ficam com desgaste muito parecido. Os pneus da frente possuem um desgaste maior do que os traseiros, por serem mais exigidos pelo sistema de direção e de tração, localizados na dianteira dos veículos.

 

Como realizar o rodízio de pneus?

Muitos motoristas não realizam o rodízio por falta de conhecimento a respeito da sua importância e de como é realizado. Por isso, explicamos um pouco sobre este procedimento:

Como mencionado, a grande parte das montadoras recomenda o revezamento de pneus dos automóveis a cada 10.000 quilômetros, mas este prazo pode variar de acordo com a condução do motorista ou o tipo de pista onde costuma transitar. Por isso, as manutenções preventivas são importantes, a fim de inspecionar se há necessidade de adiantar o procedimento.

O rodízio deverá ser realizado de acordo com o modelo modelo (radial ou diagonal), tipo de pneu (assimétrico, simétrico ou direcional) e de tração do carro (dianteira, traseira ou tração nas quatro rodas).

O rodízio de pneus consiste na troca de posição entre eles. Em seguida, deve ser feito o alinhamento e o balanceamento para evitar que as rodas fiquem mal alinhadas e sem regulagem adequada, o que pode fazer com que os pneus voltem a apresentar desgaste irregular. Também é importante verificar e ajustar a pressão de inflação, verificar as condições das rodas e das válvulas de ar.

Se optar por comprar dois pneus novos, instale sempre no eixo traseiro, que é responsável pela estabilidade do automóvel, evitando que o carro perca aderência em uma freada brusca ou dentro de uma curva.

 

Manutenção do pneus

A Goodyear recomenda que os condutores tenham alguns cuidados a fim de aumentar a vida útil e cuidar melhor dos pneus. Veja as dicas:

Verificar a pressão: deve ser feito este procedimento a cada 4.500 quilômetros rodados para manter a condução do veículo suave e uniforme e com um consumo de combustível mais eficiente.

Forma de calibrar e alinhar: os pneus devem ser calibrados em estado frio de acordo com as recomendações do fabricante do veículo escrita no manual do proprietário. O mesmo vale para o alinhamento, deve ser conforme especificado, evitando que você sinta a roda “puxar”.

Fique de olho nos pneus: verifique visualmente seus pneus quanto a irregularidades em desgaste da banda de rodagem, pois podem indicar problemas de alinhamento ou calibração.

Cuidados ao dirigir: os hábitos de condução que causam o maior desgaste dos pneus são curvas, arranque agressivo e frenagem brusca. Evite também girar excessivamente os pneus quando o veículo estiver na lama ou areia. Isso pode causar o aquecimento excessivo dos pneus e danos irreparáveis.

Não sobrecarregue o carro: o excesso de peso coloca estresse sobre os pneus e causa dificuldades em dirigir, aumentando o consumo de combustível.

Como ler as medidas do pneu? Aprenda como saber o tamanho do pneu!

By | Dicas

Você sabe como ler as medidas de um pneu? Ler a medida é algo simples, mas poucos sabem como ver o tamanho do pneu. Aprenda aqui!

Ler a marcação com a medida do pneu é algo bem simples, mas poucas pessoas sabem responder rapidamente a essa questão e saber o tamanho do pneu.

Além disso, é importante não confundir a medida do pneu com as informações que estão na etiqueta do pneu (Inmetro).

Confira abaixo como ler as medidas de um pneu.

Entenda melhor como ler as medidas dos pneus

Para ler a medida do pneu você precisa olhar para a lateral dele. Os pneus possuem do lado uma espécie de “documento de identidade”.

Olhe a imagem abaixo e veja um exemplo:

O que significa cada número dos pneus

Como na imagem acima, vamos usar o 205/55R16 como exemplo, levando em consideração as informações imprescindíveis para determinar qual é o modelo de pneu do veículo:

205 – Largura do pneu em milímetros. Neste caso, este pneu tem a largura de 205 mm, ou 20 centímetros e meio.

55 – Perfil. Ele é o percentual da largura do pneu. Neste exemplo, a medida 55 representa 55% da largura do pneu.

R – Tipo de construção do pneu. Neste caso, o “R” significa radial.

16 – Diâmetro interno do pneu em polegadas (= diâmetro do aro). Neste exemplo, são 16 polegadas, que convertendo significa 40,64 cm.

Índices de carga do pneu

Além das letras e números do pneu acima, existem outros índices para identificar as características do produto.

Um deles é o índice de carga. Ele indica a carga máxima que o pneu pode suportar dentro das questões de segurança. Os números variam e é necessário consultar uma tabela de correspondências para determinar a carga em kg para cada índice.

Índice de velocidade do pneu

O outro índice é o de velocidade. Ele indica a velocidade máxima de certificação do pneu para poder suportar uma carga com toda a segurança.

Os índices de velocidade vão de A (a mais baixa) a Y (a mais alta) com uma exceção: O H situado entre o U e o V. Tal como para o índice de carga, cada letra corresponde ao equivalente em km/h:

G: 90 km/h

J: 100 km/h

K: 110 km/h

L: 120 km/h

M: 130 km/h

N: 140 km/h

P: 150 km/h

Q: 160 km/h

R: 170 km/h

S: 180 km/h

T : 190 km/h

U: 200 km/h

H: 210 km/h

V: 240 km/h

*ZR : > 240 km/h

W: 270 km/h

Y: 300 km/h

*ZR significa que o pneu suporta uma velocidade superior à 240 km/h. A anotação ZR agrupa os índices de velocidade V (240 km/h>), W (270 km/h>) e Y (300 km/h>).

**Atenção: O índice de velocidade é um indicativo associado às capacidades dos pneus; em caso algum autoriza o condutor a conduzir além dos limites legais de velocidade.

E agora, já sabe como ler a medida de um pneu? Conte sempre com a Auto Hamamura para cuidar bem do seu carro!