A bateria do seu carro precisa destes 4 cuidados especiais.

By 12 de agosto de 2020Dicas

A bateria é um dos componentes mais importantes no conjunto de um automóvel. É ela a responsável por “despejar” uma carga elétrica no momento da partida do seu carro, ligando ainda todo o sistema do veículo.

Nos dias atuais, a bateria se tornou ainda mais essencial devido a enorme quantidade de recursos tecnológicos presentes num veículo, o que inclui desde um simples vidro elétrico até mesmo um sistema multimídia com som bastante sofisticado, que automaticamente demandam mais energia.

Na realidade, a bateria tem como função principal o armazenamento de energia química, que depois será convertida em energia elétrica para ser distribuída aos demais itens do automóvel. Ela entra em ação logo no momento da partida e, quando o carro está parado, faz ainda a manutenção dos sistemas eletrônicos.

Hoje em dia, em sua maioria elas são seladas, não precisam mais de ficar colocando água. Mas não é por isso que podemos esquecer dela por completo.

Com uma bateria em más condições, sem capacidade para acumular energia, o seu carro não irá nem dar partida. Sendo assim, para evitar dores de cabeça, é importante que você utilize uma bateria de boa qualidade e troque-a sempre que necessário.

Veja 4 dicas para cuidar da bateria do seu carro!

Evite usar equipamentos elétricos com o carro desligado.

Quem gosta de parar o carro em frente a um barzinho e deixar o som ligado por várias horas, ou que gosta de abrir a tampa do porta-malas do carro durante aquele churrasco de domingo e ficar ouvindo música nas alturas deveria instalar uma bateria adicional somente para o sistema de som.

Se você tem um som simples, que não demanda muita energia, pode verificar a possibilidade de instalar uma segunda bateria, talvez menor, ali mesmo no cofre do motor. Aí, essa bateria ficaria responsável somente pelo sistema de som, e quando a energia dela acabasse, você ainda conseguiria dar a partida no carro, com a energia da bateria principal.

Se você tem um sistema de som muito forte, deve partir para baterias especiais para som, que tem uma amperagem bem maior, e que suportam um som ligado por um tempo maior. Também a instalação de um mega capacitor perto da bateria é interessante, para que a bateria não seja danificada a cada pancada do seu subwoofer gigante.

Quando este equipamento elétrico é muito grande, ele acaba sendo instalado no porta-malas, onde temos mais espaço para tal.

Ao dar a partida, desligue tudo.

Outra forma de garantir que a bateria do seu carro tenha sempre energia extra é desligar boa parte dos recursos no momento da partida. Afinal, dar partida no motor exige bastante da bateria do veículo.

Sendo assim, dê partida no motor do carro com o mínimo de recursos ligados. Desative itens como ar-condicionado, faróis, rádio, desembaçador do vidro, entre outros.

Com isso, a bateria não irá sofrer uma sobrecarga no momento da partida, fazendo com que ela esteja sempre pronta para ser utilizada.

Verifique os terminais da bateria.

De tempos em tempos, talvez a cada seis meses ou um ano, é bom dar uma olhada nos terminais da bateria. Eles podem estar frouxos, sujos ou corroídos. O zinabre aparece ali por causa de eventuais vazamentos do líquido interno da bateria.

Você pode limpar tudo isso com água quente e uma esponja de aço. Ao invés de usar graxa, como muitos fazem, colocar vaselina nos terminais é melhor.

Cuidado, se seu carro fica parado muito tempo.

Caso você tenha um carro que não é utilizado com muita frequência, como um carro antigo que não é usado para locomoção diária, dê a partida nele a cada 15 dias, e deixe-o funcionando por uns 5 minutos.

Assim a bateria vai sempre ter uma carga adicional, além de essa prática ser benéfica também para o conjunto mecânico do seu carro.

Se o seu carro ficar muito tempo parado, sem ao menos ter o seu motor ligado, alguns itens como alarme e central da injeção do motor irão consumir carga da bateria.

Se você for viajar e deixar o carro em casa, o recomendado é desligar a bateria por completo. Para isso, basta soltar o cabo do polo negativo e, em seguida, o cabo do polo positivo. Ao voltar para casa, ligue a bateria novamente, mas fazendo um processo inverso: conecte o cabo do polo positivo e depois o do negativo.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0