Monthly Archives

junho 2018

Ar-condicionado e pneus podem reduzir consumo de combustível em até 20%

By | Dicas

Em tempos de correrias e longas esperas nas filas dos postos de combustíveis na tentativa de abastecer o carro nas cidades que sofrem com a falta de abastecimento em virtude da greve dos caminhoneiros, economia é fundamental. Dois itens podem acabar se tornando interessantes para quem busca redução no consumo: Ar-condicionado e Pneus.

 

Ar-condicionado

Este é um item considerado fundamental, especialmente no Brasil, país em que faz calor na grande maioria do seu território. Mas, para aqueles que estão querendo economizar combustível, o ar fresquinho dentro do veículo pode acabar se tornando o grande vilão.

De acordo com especialistas, andar com o ar-condicionado desligado pode fazer com que a economia de combustível fique entre 5% e 10%. Quando existe uma grande quantidade de equipamentos ligados dentro do veículo, o alternador acaba retirando parte da energia do motor para gerar energia elétrica e carregar a bateria.

Infelizmente, andar com os vidros abertos do carro pode acabar fazendo com que o veículo consuma mais combustível, especialmente quando o veículo está circulando em velocidades acima dos 70 km/h.

 

Pneus

Para conseguir incluir mais 10% na conta da economia de combustível, os pneus também devem estar sempre em dia, especialmente no que diz respeito a sua calibragem. Quando o motor precisa empurrar um veículo que está com os pneus murchos, ele acaba tendo que distribuir mais força, consumindo mais combustível.

De acordo com especialistas, quando o pneu está com 5 libras a menos do que o indicado pelo fabricante, por exemplo, o carro gasta 10% mais combustível. Para conferir a pressão correta que deve ser inserida nos pneus, a dica é sempre ficar de olho nas informações que podem ser encontradas na parte interna da tampa de combustível ou então no batente da porta od motorista.

O motorista também precisa ficar atento no que a montadora coloca no manual do veículo, uma vez que determinadas montadoras acabam recomendando diferentes pressões de veículo de acordo com a uso do mesmo.

 

Fonte: Salão do carro